Sabina duplo tronco

Após muita ponderação sobre a última aquisição deste ano, mais uma vez optei por uma Sabina. É um projecto especial e desafiante que me ocupará os próximos 7 a 8 anos. A árvore tem detalhes deliciosos, um tronco duplo que é raro nestas espécies, um Shari e dois Jins naturais com curvas súper harmoniosas.

O trabalho vai ser extensivo, existe muito a comprimir, existe muito a corrigir e refinar e existe ainda um trabalho a nível de massa verde que vai demorar muitos anos, possivelmente será enxertada de Itoigawa, mas vamos dar tempo ao tempo.

Por agora ficam duas fotos, os virtuais em breve. Mais uma vez obrigado Alberto.

Anúncios

9 thoughts on “Sabina duplo tronco

  1. Rui Ferreira diz:

    Olá David
    Mais uma vez apostaste na qualidade!
    Material com uma personalidade muito própria e com uma naturalidade incontestável.
    Linhas de seiva bem definidas e com movimentos interessantes.
    Todos os ingredientes para fazer um Bonsai interessante no futuro.
    Pessoalmente gosto muito da folhagem das Sabinas pelo carácter mais Mediterrânico que mostram (estructura fina de folhagem com a coloração um pouco mais clara e acinzentada).
    A madeira morta já é de si espectacular e com um pouco de trabalho manual chegará a uma invejável expressividade.
    Mais palavras não tenho só inveja…

  2. Olá David,

    Belo exemplar !!! Um desafio muito interessante !

    Não sei se essa sabina terá alguma sub-espécie mas as sabinas são consideradas na Europa como o “itogawa” no Japão ( Ao contrário de outros juniperus , p.ex. o phoenicia, que tem uma folhagem menos densa e mais pendula). Com um bom trabalho na selecção dos futuros ramos vais conseguir uma densidade muito boa pelo que é dispensável , à partida, os enxertos com itogawa… a menos que precises de folhagem em certos pontos da árvore – mas mesmo nesse caso poderás optar por auto-enxertos.

    É apenas a minha opinião !

  3. Olá David,

    Já foi mais ou menos tudo dito. Olha… inveja, que não é uma coisa lá muito bonita… lol.
    Agora a sério, é um excelente exemplar! Ainda gosto mais desta do que da primeira. Parabéns pela aquisição.
    Abr.
    João

  4. Mário Eusébio diz:

    Olá David!

    Back to work!

    Idem idem aspas aspas…

    Excelente árvore…

    Os grandes mestres japoneses consideram a Sabina rasteira cmo sendo uma das melhores espécies para bonsai, precisamente pelas caracteristicas das sua folhagem, por isso, acho dispensável o enxerto.

    Abraços

    Mário Eusébio

  5. Obrigado a todos pelos comentários.

    Quanto aos enxertos foi apenas uma ideia, não quer dizer que os vá realizar, vou dar tempo ao tempo e quero perder muito tempo a olhar para ela, antes de sequer começar…

    Abraço,

  6. Castro diz:

    Olá David

    Segundo consta a diferença entre o Juniperos e as ditas sabinas é que embora estas ultimas pertençam á mesma familia, são escamiformes…já os outros apresentam sempre uma folha que básicamente é um pico.
    As sabinas também os criam, mas tal é uma resposta provocada por qualquer tipo de acção a que terá sido sujeita… a sua permanência varia consoante a sub-espécie.

    No teu caso sabes de que sabina se trata???
    É que existem algumas que embora desenvolvam uma massa verde +/- compacta, mas fazem-no apenas nas pontas dos ramos e nada de back-budding por muito que nos esforçemos, comprometendo dessa forma a sua evolução…por isso se recomenda os alporques com itoigawa ou outro cuja resposta seja similar.
    Como não está claro que espécie, creio que terás que ir testando, conforme fores fazendo a limpeza da massa verde 🙂

    Belo exemplar 🙂 🙂

    Boa sorte
    [ ]s
    Castro

  7. pedrovanzo diz:

    Belos exempleres, parabens, otimo trbalho, já reparaste que parece duas pessoas se amando?

    😀

  8. […] das 5 árvores que transplantei, existia um caso especial que era a separação da Sabina Duplo Tronco a decisão estava tomada já há bastante tempo e foi durante um workshop com a Maria João Simões […]

  9. […] longo do tempo fui-me habituando a vê-la no viveiro, primeiro como duplo tronco e depois como uma árvore isolada, nos último 2 anos sofreu 2 transplantes de emergência devido a […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: